Blog do Aprovador



Dia a dia

Vai levar seu ERP para a nuvem? Responda a estas 3 perguntas antes.

erp   ·   saas Rodolfo, 26/09/2016

Os benefícios de se utilizar uma infraestrutura de cloud computing são inúmeros, desde a facilidade da distribuição e aumento de escala, até o custo benefício, se comparado com a aquisição de equipamentos, custos diretos de infraestrutura e suporte. Porém, não é meu objetivo neste post te falar sobre porque você deveria migrar o seu ERP para nuvem. Eu assumo aqui, que você já chegou a esta decisão, e o seu próximo passo é justamente o mais difícil: qual a é a nuvem ideal para rodar o meu ERP?

Essa não é uma tarefa fácil, existe um grande número de perguntas a serem respondidas e o seu checklist não deve ser pequeno:

  • Custos de processamento
  • Custos de armazenagem
  • Custos de licenciamento
  • Região do datacenter
  • Suporte 24/7
  • Uptime e outros

O crescimento na oferta de produtos de cloud computing não facilita a sua escolha. Existem tanto a oferta de fornecedores de serviços de cloud em geral, como Amazon AWS, Microsoft Azure, Ativas, Locaweb, entre outras, como os serviços de cloud fornecidos pelos próprios provedores dos sistemas ERPs, como a Totvs Cloud, SAP e Oracle, para mencionar alguns.

ERP Cloud

Existem muitos fatores a se considerar na escolha da nuvem ideal para o seu ERP, que incluem o porte da sua empresa, o tamanho da sua base, quanto tempo demora o seu fechamento, se você possui equipe interna de desenvolvedores trabalhando ativamente em customizações, se você possui integrações ativas com outros serviços ou ERPs, se você planeja contratar serviços integrados ao seu ERP, e por aí vai.

Minha missão aqui é adicionar três perguntas ao seu checklist para ajudá-lo a escolher o seu fornecedor de cloud ideal, considerando os fatores mencionados acima. Essas perguntas são o reflexo dos meus últimos 10 anos implantando, customizando e integrando ERP’s com outros ERP’s, com sistemas legados, em nuvem e SaaS, tanto em ambientes locais quanto nuvem e também minhas experiências nos últimos 18 meses integrando ERP’s a solução SaaS do Aprovador.

Essas perguntas são mais aplicáveis quando o fornecedor da sua cloud será o mesmo do seu ERP. Mas também podem ser utilizadas caso você esteja planejando contratar um serviço de consultoria para administrar seu ERP na nuvem. Vamos lá?


1 - O ambiente do seu ERP será exclusivo ou compartilhado?

Esta é uma pergunta interessante, pois essa é uma oferta comum quando a hospedagem é realizada pelo próprio fornecedor do seu ERP. Neste cenário, seu ERP irá rodar em um host compartilhado, ou seja, o ERP de outras empresas estará no mesmo servidor ou ambiente que o seu ERP, compartilhando os recursos e o poder computacional disponível.

Mas o que isso significa?

Imagine que no seu ERP existam processos, por exemplo de fechamentos mensais, que consomem grandes recursos de máquina, seja de disco, memória ou processamento. Você irá experimentar problemas de performance e lentidão, quando uma ou mais empresas que estiverem hospedadas no mesmo servidor executarem este processo. Do mesmo jeito, a execução dos seus processos irá impactar na utilização das outras empresas. Quem sentirá isso serão seus usuários, com lentidão para fazer logins, emitir pedidos, faturar, etc.

Para quem é indicado?

Para empresas de menor porte que possuem bases de dados menores e não possuem (e não planejam ter) customizações e integrações com outros ERPs, ou serviços que sejam de outros fornecedores. Neste cenário, o ambiente do seu ERP normalmente é mais simplificado, o que significa que o provedor de cloud irá tomar conta de tudo, desde backups à atualizações de software, etc. Você provavelmente não terá acesso ao seu ambiente via conexão remota. O acesso disponibilizado será apenas para uso do ERP. Normalmente nestes cenários, quando há a necessidade de integrações com outros softwares, o provedor de cloud pode efetuar cobranças adicionais para permitir a integração.


2 - Terei acesso ao ambiente da aplicação via conexão remota?

Se a sua empresa possui customizações ou integrações com outros sistemas, ou planeja ter, é imprescindível que a resposta a esta pergunta seja SIM. Primeiro, porque você terá muito mais liberdade e velocidade em aplicar as customizações na velocidade que o seu negócio exige. Segundo, que você poderá identificar problemas, correções e até ajustes de escalabilidades que sejam de acordo com a sua demanda. Por exemplo, você possui um sistema de entrada de pedidos integrado ao seu ERP, que foi desenvolvido internamente, e existem algumas configurações de performance no seu ambiente que você pode realizar que se aplicam exclusivamente a uma data ou período, que é característico do seu negócio. Com acesso ao seu ambiente, você poderá fazer ajustes, ou aplicar alterações de customizações de acordo com a sua necessidade, no seu tempo, sem depender do esforço e disponibilidade do fornecedor de cloud.

Para quem é indicado?

Empresas de médio/grande porte e/ou com ambiente com customizações e integrações com outros sistemas, ou planejando tê-las. Empresas que possuem equipes de desenvolvimento irão se beneficiar com este acesso.


3 - Será permitido instalar aplicativos de terceiros ou integrações?

Você utiliza um software de um CRM SaaS, uma plataforma de e-commerce e um BI de fornecedores diferentes, porém todos integrados ao seu ERP. Se este é o seu cenário, então a resposta a esta pergunta ficou fácil, não é mesmo? É imprescindível que o seu fornecedor de cloud lhe forneça a liberdade de instalar softwares de terceiros para realizar a comunicação com o seu ERP.

Este é um cenário extremamente comum para empresas de médio e grande porte, principalmente quando existe uma gestão de TI descentralizada, onde cada setor tem a liberdade de avaliar e contratar o melhor software para atender a uma demanda específica, ficando a cargo da TI liderar o processo de implantação, suporte e integração com o software ERP utilizado pela empresa.

Este ambiente é sem dúvida o que mais te traz liberdade e oportunidades de crescimento e expansão mais rápidos. Mas é também o cenário mais complexo, que exige que você tenha uma equipe capacitada para lidar com administração do seu ambiente cloud, ou que você possua um suporte dedicado fornecido pelo seu provedor de cloud.


Para fechar

É importante observar a quantidade de novas aplicações corporativas que estão surgindo, com inúmeras ofertas de produtos SaaS que possuem APIs disponíveis para integrações. Você pode ter o seu ERP integrado com diversos outros sistemas especialistas, que agregam valores a diferentes partes do seu negócio, seja agilizando seus processos, permitindo melhores decisões, ampliando seus canais de vendas, entre outros. É bom refletir bem sobre as perguntas acima, para você não acabar indo para uma nuvem, que mais se pareça com uma ilha.

Crédito para imagens: www.shutterstock.com




eu.jpg
Artigo por:

Rodolfo Gonçalves

O Rodolfo é especialista em Apps e integrações com ERPs no Aprovador.


Compartilhe se você gostou!


Leia também:









📩 Receba novidades por e-mail




📖 TÓPICOS

Produto

Desenvolvimento

Atualizações

Dia a dia

SaaS

ERP

Produtividade

Totvs Datasul



📁 SÉRIES

Guia de aprovações de compras no Totvs Datasul

Esta é uma série especial de posts detalhando o funcionamento e parametrização das aprovações no processo de compras do Totvs Datasul.



😎 MAIS POPULARES

Como utilizar todo o potencial do clientlog no Progress OpenEdge.

24/11/2017

O Aprovador agora fala Inglês!.

13/11/2017

Talvez você não precise dessa customização.

01/10/2017

ROI e métricas intangíveis em projetos de TI

27/05/2016


* Datasul, RM e TOTVS são produtos e marcas registradas de propriedade da TOTVS S.A. Logotipos TOTVS, Datasul e RM são de propriedade da TOTVS S.A.